Yoga para Gestantes ! Benefícios na Gravidez

Publicado em: Yoga Data de Criação: 03/12/2019 Comentários: 0

A prática de yoga, durante a gestação, é uma ótima alternativa para as mães que desejam estar mais preparadas, seguras e equilibradas para a hora do parto.  

A prática de yoga, durante a gestação, é uma ótima alternativa para as mães que desejam estar mais preparadas, seguras e equilibradas para a hora do parto.  Além do exercício ajudar o bebê a chegar mais tranquilo ao mundo, a prática de yoga é milenar e considerada um estilo de vida saudável, que traz uma conexão com o corpo, a mente e o coração.


Importância da Yoga na gestação


O yoga durante a gravidez é uma forma de conexão entre mãe e filho(a) e da busca pelo autoconhecimento e sabedoria, nesse momento intenso na vida da mulher. O objetivo da atividade é voltar-se para o eu interior em busca da confiança no corpo e na capacidade de dar à luz. 


Além de ser uma atividade física rica, o exercício auxilia na diminuição de medos, tensões, ansiedade, flexibilidade, tonificação muscular, oxigenação da mãe e do bebê, entre inúmeras coisas. 


Tudo isso é importantíssimo para que a mãe se sinta o mais natural possível nesse período e que esteja sempre em busca das suas raízes, para conseguir oferecer para si mesma e ao bebê, toda a harmonia, proteção e nutrição que necessitam.  


Benefícios da prática de Yoga


Os exercícios de yoga são altamente recomendados, pois é uma atividade que foca principalmente em posições que estimulam a meditação, o alongamento e a respiração.

Abaixo, alguns dos benefícios:


•    Diminui o cansaço, deixando a mãe com mais energia;
•    Certas asanas (posturas) preparam o corpo para a hora do parto;
•    Melhora a circulação, fazendo com que diminua o inchaço nas pernas;
•    Ajuda a manter o peso e diminui as chances de estrias;
•    Melhora a postura, evitando dores na região lombar;
•    Ajuda a respirar melhor, muito útil durante o parto;
•    Possui um efeito calmante, por meio da meditação;
•    Combate a insônia;
•    Melhora a concentração e a autoestima;
•    Ajuda a diminuir o stress do feto.


Uma dica interessante é continuar a prática de yoga mesmo após o nascimento do bebê, pois além de ser uma atividade física, mesmo que com pouca perda calórica, auxilia no combater dos sintomas da depressão pós-parto e a melhorar a autoestima da mãe, já que é um momento de autocuidado. 


Contraindicações e cuidados com a prática de Yoga


Antes de iniciar as aulas de yoga, normalmente os locais profissionalizados exigem que as mães preencham uma ficha de anamnese (avaliação), com informações sobre a gestação atual e anteriores, questões físicas e emocionais, desconfortos, dores, reclamações e impedimentos. 


A partir disso, o ideal é que os exercícios sejam específicos para cada gestante, de acordo com o seu histórico, para atender todas as necessidades. O impedimento da prática de yoga ocorre apenas em casos de sangramento durante a gestação. Ainda assim, é possível realizar técnicas de respiração e meditação. 


Se a mãe já teve interrupções espontâneas da gravidez, ou ainda, dificuldade em engravidar, recomenda-se aguardar até a 16º semana de gestação, para que o embrião esteja bem implantado. A prática de yoga pode ser realizada até o final da gravidez, a menos que haja contraindicações médicas. 


Dicas de exercícios


As posições do yoga devem ser confortáveis e seguras para a mãe, as invertidas e de barriga para baixo não são indicadas. As melhores opções são as que possuem um bom apoio, como as posições sentadas:


•    Pranayama: sentadas com as pernas cruzadas, coluna ereta e braços descansando em cima dos joelhos;
•    Uttanasana: com as pernas separadas, distância maior do que os ombros e pés virados para frente, encoste as costas na parede e escorregue o quadril em direção ao chão, mas sem encostar no solo. Use uma almofada para apoiar e não forçar os joelhos.


Ambos os exercícios relaxam e trabalham os músculos da perna e o assoalho pélvico. 

Clique aqui e veja também como a Yoga é importante para Crianças. 

Deixe um comentário

Captcha